Cut log

Brasil

O Brasil é o maior país da América do Sul, com uma área de 8,5 milhões de km2, e abrange a maior parte da a Amazônia – a maior floresta tropical do mundo.

Apesar do Instituto Inovação da Terra contar hoje com uma atuação na esfera mundial, nosso instituto nasceu no Brasil e muitos dos nossos programas e projetos ainda continuam focados neste país diverso e progressivo. Com 201 milhões de pessoas, o Brasil é a quinta nação mais populosa do mundo, e seu PIB de USD 2.5 trilhões fazem com que sua economia seja a sétima maior do mundo.

Entre 1996 e 2005, o Brasil foi o epicentro de uma crescente ameaça ambiental global: o desmatamento desordenado em escala sem precedentes. Durante este período o desmatamento anual registrado foi de 19.500 km2, em consequência da expansão dos setores da soja e gado. A partir de então, o Brasil logrou uma mudança revolucionária: a taxa de desmatamento diminuiu em 70%, ao passo em que a produção de soja e gado continuou a crescer. Será que este progresso pode ser estendido aos recursos hídricos e de pesca rumo a uma transição mais ampla para o desenvolvimento sustentável? O Instituto Inovação da Terra é um pioneiro no estudo e fortalecimento da transição do Brasil para a liderança mundial da produção de alimentos e desenvolvimento sustentável.

Estratégia

Deforestation, Currency Exchange graph
Desmatamento, Taxa Cambial

Nosso objetivo no Brasil é audacioso: completar a transição para o desenvolvimento rural sustentável na Amazônia e em toda a nação. Buscamos essa meta através de intervenções estratégicas em diferentes escalas que vão desde mercados e negociações sobre o clima no âmbito global, a políticas nacionais e estaduais, e inovações institucionais locais. Nossa abordagem é jurisdicional ou “territorial”, ao invés de uma abordagem baseada em projetos.

Isso significa que nós trabalhamos com parceiros para promover diálogos multissetoriais em que produtores, governos, empresas e ONGs possam chegar a consensos ao redor de marcos de referência de sustentabilidade.

A partir daí, nós promovemos políticas e inovações institucionais que garantam condições de governança adequadas, incentivos financeiros, e incentivos regulatórios para o alcance destes marcos. Nós também promovemos parcerias comerciais equitativas entre grupos de produtores e empresas de alimentos, através das quais pequenos produtores podem obter assistência técnica necessária e acesso a mercados modernos. Finalmente, estamos implementando sistemas online transparentes para medir os progressos alcançados com relação às metas de redução do desmatamento, o aumento da produção, e evitar o esgotamento de recursos naturais.

  • O desmatamento caiu de uma média anual de dez anos (que ocorreu até 2005) de 19.500 km2 para 5.843 km2 em 2013, ou seja, uma redução de 70%.

  • A desaceleração do desmatamento evitou a emissão de 3,2 Gt de CO2 para a atmosfera.

  • O Brasil é o líder mundial na mitigação das mudanças climáticas.

Estudos de Casos